• 2T7B0803
  • 2T7B9436
  • 35
  • 32
  • 26
  • 2T7B9891

Maxdesign

No mundo contemporâneo, tudo é transversal, multifacetado e multifuncional. Novas e velhas interpretações se sobrepõem, com a contínua redefinição das fronteiras entre público e privado: esse estado “líquido” nos força a repensar nossas necessidades básicas e a organizar nossos espaços de trabalho e de vida de acordo com elas. Fazer parte do mundo contemporâneo significa estar aberto para o diálogo de uma cultura cada vez mais complexa, fragmentada, eclética e transitória com a força de uma tradição de manufatura fundada nos valores fundamentais de empresas de toda a produção italiana.

A Maxdesign está localizada na província de Treviso, onde concentra sua produção em bancos, mesas e mobiliário, com um contemporâneo, indispensável, altamente funcional e design amigável, combinados por uma notável leveza visual e física.

A principal habilidade da Maxdesign é o de renovar-se – em termos de incessantes pesquisas ergonômicas, a produção especializada, com materiais inovadores, estudos de cores precisas, colaborações com os talentos mais versáteis da cena criativa internacional, e a seleção de materiais e tecidos – sem nunca perder de vista seu objetivo fundamental: o bem-estar humano no dia-a-dia e no seu espaço de trabalho, que estão se tornando cada vez menores, às vezes até mesmo temporário, e que estão certamente, em contínua transformação.

A história da Maxdesign iniciou-se com suas primeiras coleções de assentos sendo produzidos por uma complexa, mas na época de ponta, técnica de moldagem de plástico por injeção. Com seus conteúdos lúdico e emotivo, “Moving”,”Dancer”, “So Happy” e “Ricciolina” logo se tornaram clássicos de venda por um longo período.

A colaboração de designers como Marco Maran, Gabriele Pezzini, Hannes Wettstein, Estúdio Hannes Wettstein, Dominic Symons, Dunja Weber, Marco Acerbis, Tomás Alonso e Christoph Jenni, acompanhou a empresa em sua constante reinterpretação no mundo contemporâneo como uma oportunidade contínua pelo desenvolvimento e evolução.
Ao longo dos anos, Maxdesign se abriu a novos cenários, realizando uma virada estratégica em aumentar a sua produção interna.
O catálogo é enriquecido gradualmente com novas coleções, incluindo mesas, mesas de café e assentos para ambientes internos e ao ar livre, e um maior desenvolvimento de algumas linhas de sucesso como “So Happy”, de Marco Maran. Mais alguns recentes lançamentos incluem a eclética cadeira “Stratos ” do estúdio Hannes Wettstein e a “Offset”, de Tomás Alonso, sistema hiper-flexível de mesas e unidades modulares, elementos que podem ser encontrados tanto no espaço residencial, escritório ou contract.

O último lançamento da companhia é a “Betty” de Christoph Jenni, que brinca com os volumes e as combinações das cores originais.
O denominador comum é a essência do estilo, sempre contemporâneo, o que resulta em formas simples, atemporal e universal, capaz de se combinar com qualquer ambiente.
Mais dois pilares na produção da companhia são a alta qualidade e a sustentabilidade ambiental, refletindo no uso de materiais menos poluentes e recicláveis e a obtenção da ISO 14001 e ISO 9001.
As coleções da Maxdesign são distribuídas através de uma rede de distribuição internacional e exibidas em selecionadas salas de exposições em todo o mundo.